"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas"A-Antoine de Saint-Exupéry
Exupéry

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Renovação de paz e esperança entre os homens

Obrigada a todos pela visita, comentário e força. Eu estou bem, só a ficha ainda não caiu. Esperava que hoje caisse, com a missa de setimo dia da minha amiga falecida. Mas ainda não caiu, a todo tempo na missa fiquei pensando, isso não pode ter acontecido, é um sonho. Acho que vai demorar a cair ainda. Quando falo amiga , é pq ela foi mais que moradora de casa de praia da minha família, foi mais que uma simples diarista. Foi uma amiga mesmo da família. Estava sempre pronta para ajudar. Conhecemos hoje uma parte da família dela, e revemos os filhos de MAria. A menina estava chorosa, o menino melhor. E vi quanta gente gostava dela naquela praia, desde colegas de escola, até o pessoal dos quiosques e da igreja. A menina que cantava chorava ao cantar. As pessoas choravam, se emocionavam. Eu me emocionei, ainda mais por estar no lugar onde tudo aconteceu, na igreja! Ela esperava proteção na casa de Deus, mas não teve. Pelo menos não fisicamente. Talvez espiritualmente. Ela com certeza está bem onde estiver, e intercedendo pelos filhos como o Padre mesmo falou. Que os meninos encontrem consolo com os tios e avós. E que vejam a mãe como um exemplo de força de vontade, garra, honestidade e bondade. E que estudem, como ela, para ter uma esperança de um futuro melhor. É só o que eu peço. O destino do desgraçado que Deus trace bem traçado, para ele não fazer mal a ninguém mais. E que a revolta de todos que conhecíamos Maria, acabe, para tentarmos seguir essas belas palavras da Oração de São Francisco. Se todos nós, seres humanos, conseguíssemos seguir a risca essas frases, seria muito difícil termos um mundo de ódio.



Um feliz NAtal a todos e um feliz ano novo com renovação da paz, do amor e da compaixão de Deus. Que em 2008 o número de assassinatos e de qualquer tipo de violência (inclusive a doméstica) caia para ZERO, e que possamos ter mais amor ao próximo, e menos irracionalidade e crueldade entre os homens! Beijos a todos os amigos!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

CHEGA DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA!

É gente, tá perto do Natal, e essa data, ou até o mês levam as pessoas a refletirem mais sobre a vida, sobre os outros, a ter mais compaixão. Só que acho que isso não acontece com todos, porque mesmo nessa época há violência que a gente vê sempre na TV, mortes, espancamentos, violência doméstica, assaltos etc...
Esse meu Natal esse ano não vai ter o mesmo encanto, pois todos aqui em casa perdemos uma pessoa muito querida nesta terça feira, dia 11/12. Era uma moça com seus 29 anos que era trabalhadora, tinha dois filhos pequenos, vivia e batalhava todos os dias para eles, para dar uma vida melhor. Empurrava um carro pesado na areia da praia para vender bebidas, churrascos, água de côco, nos fins de semana e feriados. E nos outros dias da semana trabalhava como diarista em pelo menos 3 ou 4 casas diferentes. Inclusive aqui em casa. Já a conhecíamos a quase 5 anos. Saía de uma casa de aluguel para outra, quando minha família teve a idéia de coloca-la junto com o marido na casa de praia da família, como moradores, para ter alguém sempre lá, guardado e zelando pela casa. Sem pagar IPTU, água e luz, ela viveu bem melhor, mas sempre batalhando na praia para comprar um um terreno e construir uma casinha. Amou apenas um homem na vida dela, seu marido, que vivia a 11 anos com ele. Fugiu de casa no interior para viver a vida com ele. E depois de um tempo, parece que algo desandou, e ela trabalhou por ele.




Já foi agredida mais de uma vez mas sempre pensando nos filhos. A gota d´água foi neste domingo (9/12) quando ela não aguentou mais, depois de uma surra dada pelas costas.Ele pediu desculpas e pediu um tempo para vender umas coisas e sair. Ela deu um prazo até sexta para ele sair de casa. Ela nao deu queixa na delegacia de mulheres, com medo dele fazer alguma coisa contra ela. Na terça, saindo do trabalho aqui em casa e indo estudar feliz da vida por saber que logo ia ter sua casinha construida e que ia concluir seu primeiro ano de escola depois de muito tempo sem estudar, foi esfaqueada pelas costas pelo próprio marido que a esperava no caminho da escola. Correu até uma igreja quando ele a apunhalou mais umas 8 vezes. Foi socorrida pelos moradores da praia, e ele fugiu covardemente. A população o pegou, ele foi parar na cadeia. Ela chegou ainda viva no hospital, implorando para os médicos a salvarem, pois tinha 2 filhos para criar. Às 22:00hs e pouco, não aguentou e faleceu. Ele na cadeia, no dia seguinte deu depoimento para os jornais dizendo que a matou por ciumes, já que ela estava estranha a dois meses, pensando que estava traindo ele com um cobrador de alternativo. Estranha a dois meses, só porque sua alto estima melhorou, passou a se cuidar mais... Homens...

Fofocas de gente que quer ver os outros mal fizeram ele pensar isso, nem certeza ele tinha para cometer tamanha brutalidade. E mesmo que fosse verdade não é desculpa para tirar a vida alheia. Agora eu me pergunto, será que faria diferença na última surra que ela levou por nada, ela ter ido procurar a delegacia da mulher? Ele ia ser preso logo e ficar na cadeia ou ia se soltar e fazer a mesma coisa? Se ele não tivesse sido pego pela população será que ele na loucura iria matar os filhos tb e se matar como o de costume? Matar por amor? Não acredito que seja amor, ele iria perder tudo se a deixasse, a mordomia, a casa que não estava no nome dele, ela ... Acho que para ele não importava mais, e o ciume também o cegou.

Não desejo mal a ninguém, mas espero que ele pague por tudo que fez, e que a justiça dos homens não o solte e faça jus ao nome. E a justiça de Deus deixe a minha amiga descansar em paz, e não se preocupar, que os filhos estão bem com a família dela. E que a casa que ela estava construindo sirva para eles no futuro.




Mais uma mulher vítima de violência doméstica. O estranho é que isso é costume se ouvir, mas quando é com um conhecido nosso, parece que o chão da gente desaparece, e nos perguntamos até quando isso vai continuar acontecendo. Será que podemos contar com a colaboração da polícia e com a lei para deixar em segurança as mulheres espancadas? Não sei... Só sei que até agora a ficha tá caindo, parece que não aconteceu com ela, parece que foi com alguém desconhecido. MAis fácil para mim se isso fosse verdade, mas não é. A realidade é essa, nua e crua. Foi com ela, e pode ser com qualquer um! NA primeira tapa, ela deveria ter saído do relacionamento, mas o amor e o medo, mais a preocupação de criar os filhos junto com o marido a fez várias e várias vezes continuar vivendo com ele. O que acontece com muita gente.

Fica aqui meu apelo a justiça, que seja cumprida, que zele pelas pessoas de bem, trabalhadoras, e não fique só no papel. Que a violência doméstica seja tratada com mais respeito, pois sempre há uma vítima, e muitas vezes fatal. E que esses agressores e assassinos fiquem muito e muito tempo na cadeia. Uma cadeia que muitas vezes é até bom para alguns que tem preguiça de trabalhar. Que se torne uma cadeia para esses presos trabalharem por cada prato de comida. Isso é o que eu acho justo. Que se saírem, saiam melhores e não piores. Fica aqui meu pedido de Natal para o Papai Noel! Espero que um dia seja atendido pois desde pequena rezo pela paz!

PAZ e AMOR para TODOS!


quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

AIDS



Antes tarde do que nunca né? PAra falar sobre esse assunto tão sério que é a AIDS.

Nesses dias estava eu pesquisando no site do ministério da saúde o índice de quantas pessoas em cada ano em todo o Brasil adquiriram AIDS, para um projeto de ciências da escola em que meus alunos vão falar sobre isso. E vi que dentre todas as regiões brasileiras, a primeira no ranking de casos de pessoas contaminadas neste ano de 2007 ficou para o Sudeste (5686 casos ), o segundo Sul (4067), terceiro Nordeste (1939), quarto o Norte (707), e quinto o Centro Oeste (672). È claro que podem haver mais casos que não foram notificados, mas esses dados já nos dão uma idéia de como estamos. Mesmo com tanta informação por aí, ainda fico me perguntando como esse mal está se espalhando tanto. Ainda hei de fazer um gráfico com todos os anos da tabela onde peguei esses dados.


Por um lado bom, estão surgindo remédios que estão controlando o vírus nos doentes, fazendo com que tenham mais tempo de vida talvez. MAs por outro, temo que esses remédios tenham um lado negativo no resultado da mente de alguns em pensar que como tem remédio podem fazer sexo sem camisinha que vão ter uma razoável vida mesmo com AIDS. Graças a Deus há casos em que grávidas soro positivo tomando determinados remédios, possam evitar que seus filhos adquiram o vírus. Mesmo assim, pelo que entendi outro dia no jornal, teria que ser iniciada a medicação quanto mais cedo possível durante a gravidez.


Agora, se tem uma coisa que sempre fui contra e sempre fico fula quando ousso e até penso, é a igreja católica vendo que esse mal se espalha por aí matando gente, ainda seja contra o uso de camisinhas. Não tem como controlar uma sociedade em que hoje as pessoas estão casando tarde, privando elas de sexo antes do casamento, ou até sexo seguro no casamento. Porque até no casamento se pode adquirir AIDS se um dos casais pular a cerca, e pior, pular e ainda ter a incompetência e imprudência de fazer isso sem usar camisinha, e passar para a parceira ou parceiro. Tudo bem, isso de trair é pecado, é feio, e imoral, não deveria existir, MAS EXISTE! E sempre vai existir, e a traição na verdade sempre existiu, só a AIDS é que não. É um problema atual que tem que ser levado a sério, e não ficar vendo as coisas com pensamentos retrógrados, como se tivesse no passado sem AIDS.


Por que será que o índice de mulheres contaminadas é maior que o dos homens?Hein? Alguém imagina? Na minha humilde opinião, se olhar para o lado irracional, machista da sociedade, se um homem contaminado transa com mais de uma mulher, vai logicamente contaminar todas quando não usar a camisinha.Acho que é por isso que o índice para mulher é tão grande. Não é que não exista mulher promiscua, mas cá entre nós o número de homens traindo é maior mesmo nos dias em que a mulher se tornou "moderna", livre e independente.


Hoje, AIDS não é sinonimo de homossexualidade, está nos heterosexuais a muito tempo, e pior, em pessoas casadas também! Êta promiscuidade com falta de consciência!!! Usa camisinha minha filha, com seu marido, namorado, ficante etc. Porque não se pode confiar cem por cento sua vida a alguém, mesmo esse alguém sendo seu marido. E homens, por favor, quer trair? Traia, agora tenha consideração com sua parceira pelo menos no lado da vida dela. E tenha consideração por sua vida também!


Esse era o recado longo que eu gostaria de dar a todos. Espero que tenham gostado, mas se discordam ou tem mais algo a adicionar, podem falar. Aqui é um blog aberto!


Bom final de semana para todos!

terça-feira, 13 de novembro de 2007

Mulheres com curvas teriam filhos mais inteligentes

Vou já medir a proporção dos meus quadris com minha cintura para ver o que dá hehehee. MAs agora é dificil, tou gordinha até na cintura KKKKKKKK. É interessante essas pequisas, eu gosto de ler isso, além de me sentir bem as vezes posso ficar refletindo sobre a evolução humana! Espero que gostem, pelo menos o texto é mais curto. Boa semana a todos e vamos participar da Blogagem coletiva sobre a Dengue, dia 22 de novembro!
--------------------------------------------------------------
Um estudo publicado pela revista científica Evolution and Human Behaviourafirma que mulheres com curvas são mais inteligentes e têm filhos maisespertos.A explicação dos pesquisadores é que os ácidos graxos ômega 3, que seacumulam nos quadris e nas coxas das mulheres, servem de alimento para océrebro e são essenciais para o desenvolvimento neurológico dos bebêsdurante a gravidez.Os pesquisadores Stephen Gaulin, da Universidade da Califórnia, e WilliamLassek, da Universidade de Pittsburgh, usaram dados do Centro Nacional deEstatísticas de Saúde, nos Estados Unidos, para fazer o estudo e descobriramque a relação cintura-quadril das mães estava diretamente relacionada aodesempenho delas e dos filhos em testes de cognição.Quanto mais gordura acumulada na parte inferior do corpo das mães, e não nacintura, melhor eram as notas nas provas. "Coxas e quadris fartos guardamnutrientes essenciais que alimentam o cérebro e podem produzir criançasinteligentes também", disse Gaulin ao jornal The Daily Telegraph.Os cientistas acreditam que é essa é mais uma razão pela qual os homens sesentiriam mais atraídos pelas mulheres "com curvas". "Os homens reagem aisso porque é importante para a reprodução (da espécie)", afirmou Lassek aojornal.O estudo também concluiu que mães adolescentes têm filhos com problemascognitivos porque não têm uma reserva suficiente de ácidos graxos, mas ospesquisadores afirmam que as que têm quadris largos acabam sendo menosafetadas pelo problema.BBC Brasil

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

A semente de paz!!!




"A semente de paz é o amor entre as pessoas que se amam e nasce cada vez mais em nossos corações. Por isso, tenha fé que um dia o mundo vai mudar e você vai sorrir um sorriso que você nunca teve, o sorriso do coração, e você será eternamente feliz. Esse mundo não vai ser o mesmo porque não vai ter guerra só vai ter harmonia e felicidade entre os homens e a tristeza acabará em um sorriso de fé e compaixão. A natureza irá crescer e não haverá então poluição no céu azul, nem nos rios, mares e em nenhum lugar porque Deus estará conosco mais do que nunca, não havendo mais um mundo cruel."


Esse texto meus amigos, não foi escrito por um profeta, nem por um jornalista, nem filósofo, nem cientista, nem por um pastor, nem por um padre, nem qualquer outro líder religioso, ou nem se quer por um adolescente ou adulto. Foi escrito por uma criança de 12 anos no diário da irmã dela de 7 anos, no dia 1 de junho de 1992. Essa pequena autora fui eu, Ingrid. Não me recordo muito bem em que contexto, lembro-me vagamente de ter escutado conversas de adultos (minha mãe e tia eu acho), e de repente me deitei e escrevi no diário da minha irmã, e depois disse a ela que esperava que essas palavras significassem alguma coisa para ela no futuro. Naquela época, tinhamos voltado já a dois anos do Rio de Janeiro (vivemos em 1990 no Rio), mas acho que apesar da violência que já estava começando lá, não foi por lembrar dessa época que escrevi. Enfim, não me lembro o motivo, só sei que me inspirei nesse dia, e depois de feito em 1994 ainda aumentei esse pensamento continuando mais na parte da natureza.


Hoje, a Ingrid 16 anos mais velha, ainda tem essa fé nos homens, mesmo depois de tantas coisas relatadas na TV, como por exemplo mortes de inocentes que não tem nada a ver com a historia entre a guerra da polícia e dos traficantes e um menino que viveu essa agonia, desenhando tudo que viu no morro e perguntando no final o POR QUE disso tudo! (Essa reportagem passou no Fantástico, acho que umas duas semanas atrás).


O cinema, com o filme Tropa de Elite, choca (para quem viu), ao fala da dura realidade e nos faz refletir sobre muita coisa errada que existe, mas também muita coisa boa que realmente deve acontecer (Ex: policiais não corruptos dando uma dura nos corruptos hehehe). Para mim esse filme deixou certas coisas bem claras, o tráfico de drogas só existe porque nós da classe média, classe média alta, consumimos. Acredito que se ninguém consumisse drogas, não haveria traficante rico no mundo todo as custas da violência alheia, que vitima tanta gente. Sim, porque o dinheiro das drogas é usado para armas. As armas são usadas para matar polícia que está atrapalhando os negócios dos traficantes, e quem está no meio do tiroteio sempre morre aqui no Brasil.


Aquelas crianças que participam do tráfico avisando quando vem polícia ou prestando outros serviços aos traficantes do morro também morrem, mortas ou por policiais ou pelos próprios bandidos, e são CRIANÇAS, vivem no mundo de adultos sem ter espectativa de um futuro nem melhor nem pior, não tem futuro, pode morrer a qualquer hora, e estão nisso porque não tem escolha, seja porque foram mal orientadas por marginais ou porque simplesmente o sistema não permite que ela tenha essas escolhas.


Por isso fica aqui meu pedido pela paz, à 16 anos, hoje (2007) e sempre, pelo nosso futuro e pelo futuro dos meus filhos, netos e bisnetos. Vamos refletir se de alguma forma nós também não somos um pouco responsáveis por essa violência, por essa nossa paranóia de termos que trancar portões e não podermos mais usar relógios de ouro (como Luciando Huck) sem temermos de sermos assaltados. E o que podemos fazer a respeito disso! Votar certo nas eleições? Será que só os políticos podem fazer algo a respeito? Fazer passeatas pela paz, quando nós mesmos ou nossos filhos ajudam com a violência consumindo drogas? Criticar todos os policiais, quando muitos são honestos e estão lá no duro trabalho enfrentando os bandidos e correndo o risco de serem mortos e deixar esposa e filhos desamparados? Aceitar as leis brasileiras e não fazer nada para que mudem, para termos um sistema carcerário mais completo com coisas que os bandidos possam trabalhar dentro da cadeia para dar sustento a eles e aos familiares fora da cadeia? Ignorar a educação, e negar ela a muitos? Quando a educação é base de tudo, e que abre portas para um futuro digno. Deixar menor fazer o que bem entender , matando gente e saindo em pune em vez de ser preso e ter o mesmo destino justo dos bandidos, mas claro, com trabalho e estudo dentro da cadeia?


Essas coisas que me vêm na cabeça agora, mas é claro, há muitas outras coisas erradas que estão ligadas com a violência, para refletir sobre a paz, por que as duas coisas (paz e violência) estão interligadas é claro, não posso falar da paz sem falar da violência!



Era isso que eu queria escrever, mil desculpas pelo texto enorme, espero que tenham entendido meus pontos de vista, mas "estamos aí" para receber críticas e comentários. FALEM MEU POVO! Esse post foi escrito para contribuir com a Blogagem coletiva sugerida por Lino Resende no dia Mundial da Paz (1 de novembro)! Bom feriado e bom final de semana a todos!

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Meus Designers

Hoje decidi colocar o que fiz esses dias no curso de webdesigner (e trabalhos antios). Espero que gostem, claro que tenho muito o que melhorar e aprender ainda, mas um passo de cada vez. Em algumas imagens eu posso confirmar o que se dizem por aí no meio virtual, "não existe gente feia, e sim falta de photoshop!" hehehehe E ainda tem gente que pensa que esse povo que pousa na Playboy não tem uma estriazinha ou uma celulitezinha, coisa normal de qualquer ser humano ter! Eles tem gente, é o Photoshop que tira! KKKKKKKKK

Bom final de semana a todos!


Imagens feitas no Corel Draw











































Meu conversível! hehehehe






















Imagens feitas no Photoshop



ANTES/ DEPOIS



ANTES do Photoshop

DEPOIS do Photoshop



Angélica ANTES do Photoshop

Do mesmo jeito que algo feio pode ficar bonito, algo bonito pode ficar feio com a ajuda do Photoshop :)
Angélica DEPOIS do Photoshop

FOGO (criado por mim)

REDEMOINHO (criado por mim)

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

As 7 maravilhas do Rio Grande do Norte

Boa noite ou bom dia a todas(os)! Como foram de final de semana? Eu bem, apesar de ter ido para escola no sábado planejar sobre projeto de ciências (chamado Dulciências) que tem todo ano na escola em que trabalho, foi bom pq nesse mesmo dia comemoramos o dia do professor com um banquete enorme, conversamos e ainda ganhamos uma agenda, pode? Oh escola boa! O resto do final de semana foi só namorar hehehe. Por isso estive fora! Vcs sabem, final de semana é sinal que eu não estou na net! MAs estou voltando a acompanhar o Mural do Amigo secreto da Meire.

Meire querida, quando falei que o Mural me inspirou na postagem anterior, não quis dizer que o Mural tem fofocas, só que apenas me inspirou a pegar uma possibilidade (um texto) falando de evolução (coisa que mais gosto na Biologia) e juntando com uma coisa do cotidiano, e que se refere a conversar, fofocar. Nunca iria desmerecer este canal que você proporcionou a nós todos interagirmos, e que eu quis por livre vontade me juntar (se considera-se um lugar de fofocas que causariam mal a alguém, eu não estaria ligada a ele). E se há fofocas (não estou dizendo que tem), com certeza não irão causar mal algum! Há somente "amigos se divertindo" (concordo com você nisso! )Espero que não tenha levado a sério e que tenha gostado do post sobre evolução e fofoca.




Bem, mudando de assunto, hoje eu ia publicar algo a respeito da violência, dando link com o Filme Nacional: Tropa de elite com o que foi mencionando neste domingo no Fantástico (na globo). MAs irei falar dia 1 de novembro com a postagem coletiva pela Paz que o Lino Resende está propondo. Falando em Tropa de Elite, adorei o post da Mirella, que falou sobre o mesmo filme e sobre a violência.



Mudei de idéia, em relação ao post do filme, pois estava na escola hoje (segunda), e recebi um comunicado que está havendo um concurso das "7 maravilhas do Rio Grande do Norte" (meu estado). É similar a do concurso das Sete maravilhas do Mundo Moderno, mas acho importante para o meu estado (Rio Grande do Norte) pois tem como objetivo estimular a apreciação dos monumentos naturais ou feitos pelo homem e fomentar a atividade turistica em torno deles, como contribuição ao desenvolvimento social, econômico, cultural e da auto-estima potiguar.



















O concurso "As Sete Maravilhas do RN" é um concurso iniciado e promovido pelo Associados RN (Diário de Natal, Rádio Poti AM, Dn Online) para eleger as sete maravilhas do estado brasileiro do Rio Grande do Norte. As pessoas poderão votar através do site (linkado aqui), até o dia 31 de outubro, onde será permitido apenas um voto por pessoa (CPF), cada voto permitirá ao leitor eleger sete opções entre as indicadas. A publicação do resultado será feita através da edição de O POTI do dia 4 de novembro de 2007 (jornal). A diplomação das Sete Maravilhas escolhidas ocorrerá em solenidade no dia 20 de novembro de 2007, e eu estarei postando sobre o resultado quando o mesmo sair.
Para saber as opções, entre neste mesmo site, lá tem fotos e algumas coisas interessantes sobre cada uma das indicadas. Espero que quem conheceu algum destes lugares aqui do RN , participe da votação. Quanto mais votos melhor! Eu já votei! Boa semana e boa noite!


quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Fofoca e a evolução

Óleo sobre tela, Fofoca, 1943.
Site: www.pr.gov.br/viaro/anos40/fofoca.jpg

É gente, a fofoca é poderosa. Me inspirei hoje de colocar esse texto graças ao mural do amigo secreto da Meire. Estou perdendo o futebol (Brasil e Chile) mas vamos lá. Falando de mim, antes de entrar no texto da fofoca, olha, amanhã vou despachar meu curriculo para ser avaliado para poder entrar no doutorado. Rezem por mim! Desta vez vai! Não é possível!


Vamos lá para fofoca, achei interessante o começo e final do texto, mas se quiserem ler todo fiquem a vontade. MArquei em vermelho o que eu achei de mais importante. Mas moral da historia, uma fofoca é mais confiada pelos outros mais do que os fatos, seja para positivo ou para negativo. Vamos ver o texto? Parece ser tirado da New York Times. MAs recebi isso por email através de um grupo de estudo do Yahoo. Boa noite e AVANTE BRASIL no JOGO!


Os fatos não conseguem vencer as fofocas, aparentemente Até agora o cara que escreveu esse texto (John Tierney), era firmemente a favor das fofocas. Ele gostava da teoria de que a fofoca era a razão pela qual se desenvolveu a linguagem. Ele aplaudia os pesquisadores que acreditavam que a fofoca foi o grande salto evolucionário que permitiu que os macacos humanos vivessem pacificamente em grandes grupos, desenvolvessem códigos morais, construíssem civilizações e, eventualmente, vendessem tablóides em supermercados.Mas agora ele se pergunta se não saltamos longe demais. Em um artigo sobre a fofoca, publicado na segunda-feira (8/10), biólogos evolucionistas na Alemanha e na Áustria identificaram uma vulnerabilidade que poderia ser chamada de paradoxo Chico Marx, por razões que ficarão claras quando lerem sobre esse experimento.Os pesquisadores partiram para testar o poder da fofoca, exaltado por teóricos nas últimas décadas. A linguagem, de acordo com o antropólogo Robin Dunbar, evoluiu porque a fofoca é uma versão mais eficiente da interação social essencial para os animais viverem em grupos.

Os macacos e outras criaturas solidificam seus laços sociais limpando e acariciando uns aos outros, mas o tamanho do grupo é limitado porque não há tempo suficiente em um dia para fazer o asseamento de um grande número de animais.A fala permitiu aos humanos que se ligassem com muitas pessoas enquanto continuavam caçando e colhendo. Em vez de gastar horas tirando nós dos cabelos, podiam se unir com conversas amigáveis ("Seu cabelo está tão sem nós hoje!") ou apontando o comportamento dos outros ("Sim, ele devia compartilhar a presa, mas ouvi dizer que ficou com as duas ancas").A fofoca também mostrou às pessoas em quem podiam confiar, e a perspectiva de ter má fama desestimulou-as de agir de maneira egoísta, de forma que grandes grupos puderam cooperar pacificamente. Ao menos, essa era a teoria: a fofoca promoveu a "reciprocidade indireta" que tornou a sociedade humana possível.Para testá-la, os pesquisadores do Instituto Max Planck de Biologia Evolucionista e da Universidade de Viena deram 10 euros para 126 alunos e os fizeram jogar um jogo que os colocavam em um dilema. A cada rodada, os jogadores teriam a chance de dar 1,25 euros a outro. Se concordassem em ceder o dinheiro, os pesquisadores acrescentavam um bônus de 0,75 euros para que a pessoa recebesse 2 euros.Se o primeiro jogador se recusasse a dar o dinheiro, ele economizaria 1,25 euros, mas se os outros descobrissem sua avareza, mais tarde poderiam evitar dar dinheiro a ele. Com a progressão do jogo e os jogadores mudando de parceiro freqüentemente, alternando entre os papéis de doador e recipiente, os jogadores receberam informações sobre as decisões de seus antigos parceiros.Algumas vezes o doador recebia um histórico do que o parceiro havia feito antes, quando no papel de doador. Quanto mais generoso seu parceiro tivesse sido com os outros jogadores, mais provável era que o doador lhe desse algo.Algumas vezes, mostrava-se ao doador uma fofoca sobre o parceiro. Quando era um elogio como "jogador generoso!", o doador tinha maior chance de dar dinheiro. O doador, entretanto, tornava-se mão fechada quando via uma fofoca chamando o parceiro de "miserável terrível".Até agora, tudo bem. Como previsto, a fofoca promoveu reciprocidade indireta.
A pesquisa, publicada na Proceedings of the National Academy of Sciences, mostrou que a maior parte das pessoas fazia fofocas precisas e as usava para o bem comum. O comportamento cooperativo era compensado mesmo quando os próprios doadores não eram diretamente afetados pelo comportamento.Se um jogo de cooperação como esse fosse jogado sem conseqüências para a fama dos jogadores -como foi feito em outros experimentos- a maior parte dos jogadores era avarenta e a cooperação desmoronava. Nesse experimento, eles foram generosos na maior parte do tempo e, em média, terminaram com o dobro de dinheiro que tinham no início do jogo.Aqui vai a notícia desconcertante do experimento: em duas rodadas, cada doador recebeu os fatos e as fofocas. Cada doador recebeu um histórico de como seu parceiro tinha se comportado antes, assim como alguma fofoca -positiva em uma rodada e negativa na outra.O doador foi informado que a pessoa que criou a fofoca não teve informações além das que o próprio doador podia ver por si mesmo. Ainda assim, a fofoca, positiva ou negativa, teve uma grande influência nas decisões dos doadores, e nem importava se a fonte da fofoca tinha uma boa reputação ela mesma. Em média, a cooperação aumentou em cerca de 20% quando a fofoca era boa e caiu cerca de 20% quando era ruim.Talvez você pense que a fofoca teve importância apenas em casos duvidosos -quando o doador recebeu um histórico variado e apreciou a orientação de um terceiro ao fazer sua dura decisão. Mas a fofoca teve um impacto em outras situações também. Mesmo quando um jogador via que seu parceiro tinha um histórico de maldade consistente, ele era influenciado pela fofoca positiva e compensava o parceiro de qualquer forma. Ou não ajudava um parceiro perfeitamente legal, apenas com base na fofoca maliciosa.Esse resultado pode não chocar . Mas pareceu surpreendente para os pesquisadores, de acordo com o principal autor, Ralf D. Sommerfeld, do Instituto Max Planck."Se você sabe que já tem todas as informações sobre alguém", disse ele, "racionalmente você não deveria dar tanta importância ao que o outro diz."Então por que fazemos isso? "Talvez estejamos mais adaptados a ouvir outras informações do que observar as pessoas, porque a maior parte do tempo não somos capazes de observar como os outros estão se comportando. Então talvez acreditemos que perdemos algum fato", sugere. Visite o site do The New York Times

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Venha ver a peça: "Oh! Que horror de família!"

Olá amigas. Hoje estou light. Só para anunciar uma peça maravilhosa chamada: Oh! Que horror de família!(clique aqui para ver um trecho da peça). Ela está sendo apresentada no Rio de Janeiro desde o dia 5 de setembro até dia 15 de Dezembro, no Espaço Cultural Dorival Caymmi. Rua Raul Pompéia 231 - Copacabana. Nas sextas ás 21:00hs e nos sábados às 21:30hs. Os horários são estes, não os que estão no link (mudou). A entrada custa 20 reais inteira e 10 estudante. IMPERDÍVEL! Se no link acima eu passei os 5 minutos rindo, principalmente com a personagem feia chamada Criatura, imagina na peça toda. Vejam por mim, já que não moro no Rio de Janeiro. Vivi estás convidada a ir e me dizer depois viu?

A minha amiga, a CRIATURA, está participando da peça. É uma amiga muito querida que conheci em 1990 quando fui morar no Rio de Janeiro (por um ano). E tem um talento incrível para gesticular com o corpo, fazer movimentos, além de suas caras e bocas e voz gasguita (mas só na peça! Ela engana direitinho) hehhhehehehehehee. Não é por ser minha amiga não. Estou vendo pela primeira vez uma peça dela, e acredito no seu potencial. REDE GLOBOOOO! ATENÇÃO aí na Viviane Delfino (A CRIATURA)!

Amigas cariocas, vão assistir essa minha amiga e todos os seus amigos! Vão prestigiar a arte deles! Que é uma das coisas que aqui no meu Estado (RN) ainda não se tem esse hábito de ver teatro. Mas creio que no Rio as coisas sejam bem diferentes. Clique no link e vejam um trechinho da peça (5 minutos) para verem como vale a pena!E quem não pode ir por não morar no Rio de Janiro, vai ter que se contentar só com esse trechinho mesmo (BUAAAAA!!! Por que não estou no Rio de Janeiro?).

Atenção novamente que os horários da peça não são mais esses que tem no link e sim o que eu escrevi acima para vocês. Vou deixar o vídeo da peça sempre ao lado para quem quiser ver. Pois não consegui deixá-lo aqui no post também!

Um beijo e boa noite a todos!

sábado, 6 de outubro de 2007

Mais um aniversário de namoro!

Para comemorar este dia, uma poesia minha que fiz para meu noivo a uns 5 anos atrás. Espero que gostem, caprichei no visual também usando scrapbooking (já não lembro de quem peguei, mas com certeza algumas das citadas de Nana ). Os corações fui eu quem fiz no corel hehehehe! Para ler a poesia, clica na figura!





Hoje irei a um chá de bebê , e meus dedos já estão coçando só para fazer alguma coisa de bebê em scraps.
Bom domingo para todos!

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Arte da Ingrid!

Olá amigas. Desculpem a demora novamente de postar, ainda mais sobre a blogaem coletiva dia 4, estava morta ontem, e só queria ficar deitada para esticar minhas costas antes da aula de webdesgner começar a noite. Hoje, mais relaxada, terminei meu perna longa (tá parecido mas não igual ao original, mas tou começando agora né?)

e ainda fiz um teste fazendo texturas no corel. Aprendi ontem essa coisa de textura no corel, é mais fácil do que pensei. Tem dezenas de modelos onde vc pode mudar a variedade das cores. Coloquei uma poesia minha em cima da textura que fiz azul para ficar bonitinho, como se desse a entender que são gotas ao mar.


Sim, um dia já fiz poesias. NA época da paixão, da ilusão. Essa deve ter sido escrita lá para 2001. Hoje não tenho mais paciência para fazer. Mas essa época de paciência ainda pegou o início do meu namoro com meu amor. Como amanhã (6 de outubro) faço mais um mês de aniversário de namoro (5 anos e 7 meses) com meu amor, amanhã posto uma poesia que fiz para ele a 5 anos atrás mais ou menos.

Meire, obrigada pelos selinhos. Desculpe se só agora pus aqui tá?Mas realmente estava cansada ontem!




Mudando de assunto, vi na net hoje algo horrível, relatos de mulheres espancadas por maridos evangélicos. É, nem todo religioso é santo. Tem verdadeiros animais dentro de si, que nem a igreja faz nada para ajudar a uma pobre dona de casa que pede ajuda na igreja do marido. Claro que não estou dizendo que só acontece isso com os evangélicos, há em todas as religiões. Mas só para verem que nem todos que vão a igreja (seja qual for) praticam o que vêem na igreja de bom! O ruim nisso tudo que li, é que as vezes a própria mulher espancada fica submissa a ponto de se achar um lixo, por não fazer uma coisa bem feita (como uma diz, como minha mãe fazia). E o covarde do homem ainda usa citações da biblia por exemplo: " mulheres , sujeitai-vos aos vossos maridos". É o fim da picada. O título do texto é: "Agredidas em nome de Deus, elas pedem ajuda" . E uma introdução: "Das 3 mil mulheres que procuram ONG da Zona Leste que assiste vítimas de violência, 90% são evangélicas agredidas física ou verbalmente pelos maridos - que, na igreja, são exemplos de bondade ". Para ver na íntegra basta clicar AQUI! É de um jornal on line, de 8 de março de 2006. Sei que o texto é antigo, mas só pude ver agora.
Bem, vou acabando por aqui, quando escrevo parece que não termina nunca! Quando não escrevo parece que demora uma eternidade!
Bom final de semana para todos! Nem acredito que hoje é sexta feira!!!



Amanhã tem mais poesias!


AIAI! Que dor nos pés, na coluna e no JUIZO!

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Modart

Olá amigas. Como passaram final de semana? Eu descansando na casa do amore. Por iso não dei mais notícias. Agra vou dar hehehe. Finalmente peguei no PC dele as fotos que ele tirou do celular dele dos vestidos da minha vovozinha. Acho que foram 3 vestidos, digo isso porque só um tinha identificação, mas lindos comparados a outros.


Vestidos da vovó:




Fotos de outros vestidos de outros costureiros, com fotos dela no painel ao lado SEM o texto falando SOBRE ELA)










Uma fileira de vestidos, a maioria sem identificação









É se ela tivesse aqui ia gostar, só não gostei de pequenos detalhes deste evento, além dos vestidos não estarem todos identificados (nomes dos costureiros) o painel da minha vovó com as fotos não tinha o texto falando sobre ela, sobre seu trabalho, época que trabalhou. Tinha de outro antigo costureiro, um tal de Denner, que estava logo vizinho as fotos da minha vovó. MAs não tinha o texto dela. Texto esse que meu pai de longe (4 horas de carro até minha cidade) fez para esse evento, deixando seus afazeres só para se lembrar da época de menino em que ela costurava tanto no Rio de Janeiro, como aqui em NAtal. Mas , fazer o que né? Esse Toinho Silveira (oranizador da festa) não foi nada gentil não colocando o texto. Talvez nem seja culpa dele, coitado, mas quem leva o nome leva afama né? Frase feita por mim agorinha hehehe.



No site que o tal do Toinho Silveira elaborou depois desse evento (MODART) estão as fotos dos manequins (bonecos), dos desfiles, das amostras de quadro, artesanato, arte em blusa (caricatura).





Eu até fiz uma blusa com minha caricatura e outra com a caricatura do meu noivo. Depois eu mostro, pq ele tirou fotos com celular dele das blusas e eu acabei esquecendo de pegar na casa dele.


Outras coisas eu pude ver no MODART como stands de TV a cabo, cabeleleiros fazendo o cabelo das pessoas ao vivo, tinha também a arte de fazer instrumentos musicais. Meu noivo adorou essa parte, ele gosta de música. Eu também achei incrível, que um violino seja formado por tantas partezinhas de madeira. Essa arte de construção de instrumentos se chama LUTERIA e é feito por um luteiro ou lutiê, que vem da denominação "luthier" . Tal palavra tem sua origem no termo em francês para "fabricante de alaúde" que na verdade foi um instrumento musical de cordas trazido do oriente médio pelos cruzados e que era chamado em seu país de origem de "Ut". No Brasil, o termo é utilizado genericamente, para os fabricantes de qualquer tipo de instrumento, seja de corda, arco, sopro ou percussão.

Pois é, foi uma noite diferente, em que eu pude desfrutar com meu noivo, ver os vestidos da minha vovó, tocar neles, ver desfiles de doidos trepados nas colunas do desfile


, ver vestidos bonitos tanto em manequins como em modelos, e ver artes diversas. Espero que tenha mais disso aqui em Natal. Pena que as vezes acontece esses eventos e eu não posso ir porque estou trabalhando ou no curso a noide de webdesigner. Tive que faltar o curso ´para ir ver o Modart.


MAs estou treinando o meu exercício em casa, fazendo esse pernalonga no corel draw. Está no começo mas pelo menos estou conseguindo imitar. Que tal? Bjos e até ó próximo jornal!

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Homens de voz grossa têm mais filhos, indica estudo. UAU!

Olá amigas. Não é preguiça essa demora de post. E sim falta de tempo e de inspiração. MAs logo terei algo novo para postar, só faltam as figuras na verdade de um evento que fui ontem (27/09) chamado MODART. Foi um desfile de modas, com standes, onde tinham manequins com vestidos de costureiros famosos daqui da minha cidade (e acho que tb do Rio de Janeiro), acho até que vi um de Clodovil, mas nao sei ao certo se era o Clodovil famoso. Bem, o fato é que minnha avó paterna foi prestigiada, com alguns vestidos que ela fez a uns 20 anos atrás. Estavam 3 vestidos (acho eu que eram 3, dois nao tinham identificação, mas estavam juntos), e fotos dela com outros vestidos de noiva, coisa de alto costura. Só queria que ela estivesse viva para ver. Mas foi lindo ver a arte dela, onde algumas pessoas ainda guardam de lembrança, vstidos bordados com muito carinho e dedicação. Mas vou postar isso somente quando tiver os manequins para mostrar.

O post de hoje ainda é de evolução. Sabiam que a voz grave dos homens podem ser as mais atraentes pelas mulheres? POis é, um estudo mostra isso. Assim homens com voz mais grave que outros tendem a ter mais filhos que os de vozmenos grossa. Abaixo o texto falando sobre esse estudo. Bjos, vou terminar aora (5:40 da manha) de fazer a mão do perna longa, quando terminar o desenho todo no Corel mostro para voces (exercício do curso de webdesigner, ja que faltei a aula ontem a noite para ver a arte da minha vovó no shopping MidwayMall).

--------------------------------------------------------------

26/09/2007 - 06h50

Da BBC Brasil
Homens de voz grossa têm tendência a ter mais filhos do que os de voz fina, sugere um estudo que acompanhou uma sociedade tribal na Tanzânia, publicado na revista especializada Biology Letters. A antropóloga Coren Apicella, da Universidade de Harvard, analisou as vozes dos homens da tribo de caçadores Hadza, que puderam ser objeto de estudo porque não têm controle de natalidade e vivem, basicamente, como nossos ancestrais.Segundo o estudo, compartilhado com David Feinberg, da Universidade McMaster e Frank Marlowe, da Florida State University, os homens de voz mais grossa têm, em média, dois filhos a mais do que os de voz mais fina.A conclusão confirma a observação de que as mulheres, em geral, preferem os barítonos, explicam os autores do artigo. "Há várias razões que podem explicar por que a voz grossa e uma reprodução bem sucedida estão relacionados" , diz Apicella.Vozes mais grossas sugerem níveis mais altos de testosterona - o hormônio masculino - o que poderia levar as mulheres a ver esses homens como melhores caçadores e, conseqüentemente, melhores provedores, disse Apicella à BBC."Ou pode ser que os homens de voz mais grossa simplesmente comecem a se reproduzir mais cedo. Nós ainda não sabemos o que está por trás disso", completou.Gravação O grupo de cientistas liderados por Apicella escolheu os Hadza por que "eles abrem uma janela para o nosso passado" e seu comportamento poderia ilustrar facetas chave da evolução.As mulheres Hadza catam frutas e tubérculos e os homens caçam e coletam mel. Os casamentos não são arranjados, então, os homens e mulheres podem escolher seus parceiros livremente.Os Hadza são monogâmicos, mas "casos" extra-conjugais são comuns, e a taxa de divórcio é alta. Para o estudo, os cientistas gravaram as vozes de 49 homens e 52 mulheres entre as idades de 18 e 55 anos. "O método foi muito simples", explica Apicella, "fui a nove vilarejos diferentes e gravei as vozes deles, com um microfone, falando 'Hujambo', que quer dizer 'olá'.""Depois analisei as vozes e sua tonalidade, e comparei com a história reprodutiva da pessoa - quantos filhos eles têm e quantos ainda estão vivos."Os resultados indicam uma relação entre a tonalidade e a quantidade de filhos dos homens, segundo ela, afirmando que os de voz mais grossa têm mais crianças. "Nós também concluímos que, para as mulheres, a tonalidade da voz não está ligada à reprodução." Olimpíadas Hadza Por causa das semelhanças entre o estilo de vida Hadza e o de nossos ancestrais, o sucesso reprodutivo da tribo poderia ser um indicador de como os seres humanos evoluíram.Se as mulheres são mais atraídas por vozes mais grossas, isso poderia levar a uma seleção - em outras palavras, os homens de voz mais grossa se tornariam dominantes depois de algum tempo."É possível que o dimorfismo vocal (a diferença de tonalidade entre as vozes masculina e feminina) tenha evoluído durante milhares de anos, parcialmente por causa da seleção de parceiros", disse a antropóloga. "Talvez, em algum momento, as vozes masculina e feminina fossem mais parecidas do que são hoje."O grupo planeja ampliar o estudo e agora analisa dados colhidos entre os Hadza para determinar se a voz grossa dos homens da tribo é um indicador de desempenho geral."Eu organizei as 'Olimpíadas Hadza'", disse ela. "Os homens da tribo participaram de várias atividades, como competições de arco e flecha, corridas, caça, etc.""Agora vou analisar esses dados para ver se há relação entre a tonalidade da voz e o sucesso no desempenho geral e no reprodutivo" , conclui.

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Os humanos podem acelerar evolução

Esse texto que vou colocar abaixo, fui ler no meu e-mail mas pode ser visto tb nessa página


É, nós temos sem querer, o poder de mudar a história evolutiva de muitos seres vivos. Isso é um prato cheio para os citogeneticistas de peixes, como eu. Bjos e bom final de semana, hoje não estou muito inspirada, só doida para descansar!
-----------------------------------------------------------------------------------------------

Não é segredo que a vida no século 21 se move a largos passos. Invenções como a internet, celulares e fibra ótica aumentaram a velocidade da comunicação tornando possível para alguém estar virtualmente em dois lugares ao mesmo tempo.
Mas os humanos podem acelerar um dos processos mais lentos e básicos da natureza, a evolução?Um estudo de J. Todd Streelman do Instituto de Tecnologia da Georgia (EUA) sugere que os humanos podem ter acelerado o relógio evolucionário para uma espécie de peixes.
Os peixes da família Cichlidae são conhecidos pelos biólogos pela sua rápida taxa evolucionária. Enquanto leva milhares de anos para muitos animais formarem novas espécies, se estima que estes peixes do lago Malawi, na África, formaram mil espécies em apenas 500 mil anos. Isso é como viajar à velocidade da luz em termos evolucionários.

Na década de 1960, um exportador de peixes pode ter iniciado uma explosão evolucionária involuntariamente quando introduziu indivíduos da espécie Cynotilapia afra em um lago dos EUA na ilha de Thumbi do Oeste.Streelman havia documentado a presença da espécie naquele local em 1983.
Em 2001 ele descobriu que os peixes haviam evoluído em duas variedades geneticamente distintas em menos de 20 anos. O estudo foi publicado na edição de 13 de agosto da revista Molecular Ecology.“Esse é um excelente exemplo de evolução induzida pela ação humana”, disse Streelman. “É mais um item de uma lista de casos que está crescendo que inclui salmão, moscas e plantas que foram introduzidas quando os distúrbios causados pelos humanos criam um estágio de evolução contemporânea em escalas nunca antes vistas.”

Os peixes haviam evoluído em duas populações de cores distintas, uma do lado norte da ilha e outra no lado sul, disse o pesquisador. Os padrões de cores dos Cichlidae são importantes para a seleção de companheiros, portanto estas marcas distintas podem promover a evolução de novas espécies.

Se isso ocorrerá novamente e quanto tempo levará são questões que Streelman está disposto a responder. “Pode ser que haja uma nova espécie em mais 20 anos, no entanto isso depende de uma série de fatores. De qualquer maneira temos uma excelente oportunidade de seguir a trajetória evolucionária destas populações através do tempo. Planejamos voltar para a ilha em julho do próximo ano para mais estudos”, ele disse. “Thumbi do Oeste será um local valioso para trabalharmos nos próximos anos.

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Agradecimentos, enquete e o que é Pitocos

Agora vou fazer direito. Agradecer a todos que passaram por aqui deixando o carinho no meu aniversário, no dia 18 ou não, mas deixou, e isso é que importa para mim: Vivi, Meire, Nana, Anna, Anunciação, Ronald, Sandrinha. A Nana e a Meire fizeram um post falando do meu anivresário e eu adorei esse paparico. Adorei tanto a imagem da Meire (tanto do post como do e-mail) ,






quanto do scrapbooking da Nana feito com minhas fotos hehehe que lindo! Você tá craque nisso hein? Escolheu umas letras lindas, manda para mim essas letras depois pq até agora so peguei kits meio pobres em letras coloridas. Manda Nana, manda! hehehehhe


Quero também deixar aqui minha surpresa com a enquete sobre religião, que terminou no dia 18 (meu aniversário). 7 acreditam cegamente na Igreja que seguem, 6 nunca acreditam, e 2 as vezes. Realmente dá um empate técnico. MAs não vou mais falar desse assunto. Eu achava que um deles ia ganhar de rasteira, mas para mim foi empate!

Sobre o porque a palavra Pitocos, o nome do blog é esse pq pitoco é uma mania que tenho de pegar o lençol de cobrir , tem que ser daqueles sem costura na borda, e fazer um pitoco. Depois de feito, pressiono entre os dedos polegar e o maior de todos hehehe, contra o cantinho da unha do maior de todos. Chega até a doer pessoal, mas é uma mania que tenho desde pequena, que me tranquiliza a noite até dormir. Chega faz calo, e é um problema quando vou a manicure (poucas vezes), pq a manicure escavanha o calo até ficar um buraco (exagero meu, fica não, mas sempre prometo parar, mas nunca consigo). Algumas pessoas tem outras manias como chupar dedo ao dormir, roer unha, eu tenho fazer pitocos. QUAL A SUA MANIA? O nome Pitocos então me inspirou a colocar no blog, já que para mim "Pitocos" é minha mania, então ficou "Meus Pitocos" como sendo " Minhas manias".

Só não vou tirar fotos do pitoco que faço pq fica feio mostrar meus lindos calos a voces. Mas quem não entendeu mando em off a foto tá? Bjos, boa noite a todos e obrigada novamente pelo carinho!

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Hoje é meu diaa!!!

Imagem dada pela Meire no Orkut!Obrigada Meire!




Olá amigas, Obrigada por virem tão cedo ao meu cantinho me dar os parabéns. Me pegaram desprevenidas. Ainda mais a Meire que entregou meu dia para todo mundo. Obrigada Meire, Nana, Sandrinha e todos que vieram aqui me parabenizar. Eu Estava no cabeleleiro hoje cedo para dar umas luzes no meu cabelo, cortar tb, para ir trabalhar hoje de cabelo novo. Demorei a postar pq não imaginava tanta visita bonita. MAs já vou arrumar minha casinha para todas vocês pq merecem. Todo meu aniversário é cheio de carinho dos parentes, telefonando, noivo, amigos escrevendo no orkut. É muito bom sentir esse carinho todo. Acho que é a melhor parte do nosso dia , pois a pior é saber que estamos um ano mais velhas hehehe. Com 28 anos já tou com medo de passar rápido aos 40 anos e não ter filhosm não realizar mais sonhos. MAs sei que é besteira. Há tempo demais ainda para tudo! E quero sempre viver e valorizar cada momento, cada carinho! De pessoas que vejo sempre, e de pessoas que nunca vi pessoalmente mas tem um cantinho no meu coração. Toda manhã, quando era meu aniversário, meu pai sempre cantava uma música diferente de parabéns, ao son do violão ou cavaquinho.


"Hoje é o dia do seu aniversário

Não tenho nada para lhe presentear

Mas como forma da minha amizade

Te darei meu coração, se quiseres aceitar!

Parabéns a você,

nessa data querida!

Muitas felicidades,

Muitos anos de vida!"


Hoje infelizmente não deu para ele fazer isso, pq tá trabalhando em uma cidadezinha, mas há sempre o telefone. E minha mãe fez o papel dele, me acordando hoje cedo com minha irmãzinha de 3 anos em cima de mim na cama hehehe. É muito bom, né gente?

Vou colocar aqui a história do aniversário, origem das comemorações como curiosidade. Muito obrigada a todos pelo carinho! Prometo a noite visitar as amigas da MEire. Agora vou ter que preparar a aula que ainda não fiz devido ao cabeleleiro ter demorado. Mas não podia deixar de escrever aqui depois de visitas tão ilustres. Arrumada a casa Meire. Agora é só apagar as velinhas e partir o bolo! Alguém me ajuda a apagar?





É UM, É DOIS e é TRÊS! VIVAAAAAAA! Bjos a todos e um bom dia (ou boa noite a Meire).


Os vários costumes de celebração de aniversários natalícios das pessoas hoje em dia têm uma longa história. Suas origens acham-se no domínio da mágica e da religião. Os costumes de dar parabéns, dar presentes e de celebração - com o requinte de velas acesas - nos tempos antigos eram para proteger o aniversariante de demônios e garantir segurança no ano vindouro. Até o quarto século, o cristianismo rejeitava a celebração de aniversário natalício como costume pagão. Os gregos criam que cada um tinha um espírito protetor ou gênio ispirador que assistia seu nascimento e vigiava sobre ele em vida. Este espírito tinha uma relação mística com o deus em cujo aniversário natalício o indivíduo nascia. Os romanos também endossavam essa idéia. O costume de acender velas nos bolos começou com os gregos. Bolos de mel redondos como a lua e iluminados com velas eram colocados nos altares do templo de Ártemis. As velas de aniversário, na crença popular são dotadas de magia especial para atender pedidos. Acreditava-se também que as saudações natalícias tinham poder para o bem ou para o mal, porque a pessoa neste dia supostamente estava perto do mundo espiritual.

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

ANSIEDADE

Essa semana acho que sofri de ansiedade e algo aconteceu. Eu li uma coisa e era outra totalmente diferente. A ânsia de fazer doutorado, de passar na seleção sem deixar nada errado que pudesse atrapalhar meus objetivos me levaram a ler errado no edital o dia da inscrição, li dia 10 como sendo setembro. E na verdade era outubro. Parece até que sou analfabeta né? Mas foi a sensação de pressa, de ser o momento de agir, que me levou ao erro. Me apressei com os documentos, fiz meu orientador reler o projeto e modifica-lo um pouco, tirei xerox, atualizei curriculo lattes, paguei a taxa de inscrição no banco. TUDO essa semana! Quando na verdade tinha-se ainda um mês para isso. Fazer o que né? Quando descobri ontem, quando tentei fazer a inscrição on line, dizia : DATA INVALIDA PARA INSCRIÇÃO! É o que ? Eu disse! Daí vi no edital a data certa. A única coisa que tava faltando era autenticar os documentos no cartório! Isso já posso fazer mais tranquila. E achar um dos resumos de um dos meus trabalhos de graduação!

Baseando-se nisso, pesquisei no wikipedia sobre a ansiedade. Que na verdade existe para nós como um jeito de ficarmos atentos para o perigo, coisa da evolução mesmo. MAs que hoje em dia está mais ligado a nosso trabalho, nossa rotina que estressa! Meus sintomas de stress são normalmente não relaxar a noite, demorar a dormir, mesmo cansada, e fazer pitoco nos lençois da cama é a única maneira que encontro para me acalmar. Nunca ruí unha! Depois explico o que é "pitoco", que tem a ver com o nome do blog (MEUS PITOCOS). Aí vai o que achei no Wikipédia sobre ansiedade. Bom final de semana a todos!


Ansiedade é uma característica biológica do ser humano, que antecede momentos de medo, perigo ou de tensão, marcada por sensações corporais desagradáveis, tais como uma sensação de vazio no estômago, coração batendo rápido, nervosismo, aperto no tórax, transpiração, etc.
Todas as pessoas podem sentir ansiedade, principalmente com a vida atribulada atual. A ansiedade acaba tornando-se constante na vida de muitas pessoas. Dependendo do grau ou freqūência pode se tornar patológica e acarretar em muitos problemas posteriores, como o
transtorno da ansiedade.

Unhas roídas, característica de ansiedade
Ter ansiedade ou sofrer desse mal faz com que a pessoa perca uma boa parte da sua auto-estima, ou seja, ela deixa de fazer certas coisas porque se julga ser incapaz de realizá-las. No entanto, o termo ansiedade está de certa forma interligado com o a palavra medo, sendo assim a pessoa passa a ter o medo de errar quando da realização de diferentes tarefas, sem mesmo chegar a tentar.
Esses dois aspectos tanto a ansiedade quanto o medo, não surgem na vida da pessoa por uma escolha, acredita-se que de certa forma, alguma palavra dita no seu passado por alguém, uma ofensa, um comentário, uma atitude negativa em relação a pessoa que sofre desse mal, pode ser a causa principal do surgimento desses sintomas. É necessário então que a pessoa encontre um meio de superação e continue vivendo, tendo a certeza, que as coisas ruins vividas no passado servirão apenas de crescimento e amadurecimento futuro.
A actividade física está associada à redução de estados de ansiedade.
As pessoas ansiosas têm um vasto número de sintomas (veja a lista abaixo). Muitos resultam de um aumento da estimulação do sistema nervoso vegetativo ou autónomo, que controla o "reflexo ataque-fuga".Outros são " somatizações", ou seja, os doentes convertem a ansiedade em problemas fisicos, incluindo dores de cabeça, distúrbios intestinais e tensão muscular. Cerca de metade das pessoas com ansiedade sofrem principalmente de sintomas físicos, normalmente localizados nos intestinos e no peito.


Sintomas:
Fadiga;
insônia;
falta de ar ou sensação de sufoco;
picadas nas mãos e nos pés;
confusão;
instabilidade ou sensação de
desmaio;
dores no peito e
palpitações;
afrontamentos, arrepios, suores, frio, mãos úmidas;
boca seca;
contrações ou tremores incontroláveis;
tensão
muscular, dores;
necessidade urgente de
defecar ou urinar;
dificuldade em
engolir;
sensação de ter um "nó" na
garganta;
dificuldades para relaxar;
dificuldades para dormir.

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Lição de casa da Meire!

Meire me deu essa lição de casa, e vou executá-la agora cedo antes de fazer minhas coisitas. Se não fosse isso não teria assunto para blogar hoje. Ela me perguntou como eu escrevo no blog. Bem, inicialmente o blog era para ser um tipo de diário. Mas eu não tenho uma vida assim tão cheia de novidades, e inicialmente não tinha amigos. Depois que tive alguns como Meire, fiquei pensando, se não escrever nada mais meus amigos vão me esquecer por completo. Daí criei esse blog com mais artifícios como vídeos, enquetes, fotos, etc, até para me estimular. E tento colocar o que acho de interessante na internet, normalmente ligado a ciência, evolução, as vezes política quando estou inspirada a participar de blogagens coletivas ou simplestemente me revolto com algo que acontece.
Quando não estou inspirada normalmente copio e colo e-mails de lista de e-mails que tenho no Yahoo falando de genética e evolução. Outras vezes escrevo coisas que me inspiram como foi o caso das músicas do Balão Mágico, depois de ver uns vídeos antigos no Youtube. E é assim! E vou tentando complementar o texto com imagens amimadas ou paradas, vídeos e enquetes relacionadas ao tema.
Não estou muito ligada em dias especiais como dia do Biólogo, que já passou (3/9), dia da Independência, etc. Escrevo o que vier na telha, ou o que acho de interessante mesmo. Mas claro, nem todos gostam de ciência, então as vezes dou polêmica com a Religião (tanto que a enquete é sobre isso).
Se acontece algo como ler um livro, falo sobre ele, ou um vídeo. E assim vai. E normalmente escrevo a noite, depois de chegar da escola. Porque sei que de manhã vou ter sempre algo para fazer como preparar aulas, corrigir provas, fazer provas , corrigir trabalhos etc.
Hoje foi um dia diferente, em que acordei, nem tomei café ainda e fui ver alguns blogs para saber o que perdi, pq essa semana está muito cheia de surpresas. Primeiro soube que meu artigo foi aceito numa revista aqui da UFRN. Depois que o prazo da inscrição de doutorado termina sexta, então corre para falar com orientador em mudar o projeto e preparar documentos para tirar xerox e autenticar, atualizar curriculo lattes na net. E aí vai...
Então amigas, desculpem a ausência, fiquei só no beijo essa semana! Mas prometo que assim que enviar tudo para concorrer o doutorado, pensarei em algo interessante para escrever. Um beijo e bom dia (e boa noite para alguns) para todos!



P.S. escrevo tão rápido e com pressa, que muitas vezes não leio para corrigir meu português digitado! Desculpem as coisas erradas viu?

sábado, 8 de setembro de 2007

O dia do BEIJO!

Como hoje é meu aniversário do BEIJO, com o meu amor. (Longa história)

Vou falar sobre ele, cientificamente falando. Não amigas, Vivi, Meire, e Nana, não é aquele mesmo post não, fiquem tranquilas! hehehehe é outro. Mulheres do Brasil, concordam com esse texto? Eu concordo! Beijo bom é fundamental para início de um namoro! Mas acho que a mulherada tb gosta de beijo molhado! hehehehe

Bom sábado a todos!

Primeiro beijo pode determinar futuro da relação, diz pesquisa
da BBC Brasil

O primeiro beijo de um casal pode determinar o sucesso da relação no futuro, indica um estudo sobre o ato de beijar realizado por pesquisadores da Universidade de Nova York.

A equipe analisou reações e percepções de 1.041 pessoas sobre o beijo. Dessas, 59% dos homens e 66% das mulheres disseram já ter descoberto, após o primeiro beijo, não estarem mais interessados por quem se sentiam atraídos anteriormente.

"O que ocorre durante o primeiro beijo pode ter um efeito profundo sobre o futuro do relacionamento", relataram os autores da pesquisa no artigo publicado na revista científica "Evolutionary Psychology".

"Talvez o beijo nessas circunstâncias ative mecanismos que funcionam para desencorajar a reprodução entre indivíduos que podem ser geneticamente incompatíveis", dizem os pesquisadores.

O estudo indicou ainda que as mulheres em geral dão mais importância aos beijos do que os homens. Elas utilizariam o ato inicialmente para avaliar o receptor do beijo como um parceiro em potencial e, posteriormente, como forma de manter a intimidade e de analisar a condição do relacionamento.

Segundo o estudo, as mulheres teriam mais propensão em avaliar as habilidades do parceiro com pistas químicas (como o hálito e o gosto de suas bocas) e tomariam a aparência dos dentes como uma das principais variáveis analisadas para tomar a decisão de beijar alguém.

Os homens, por sua vez, utilizariam o beijo primordialmente como ferramenta para aumentar a possibilidade de envolvimento em uma relação sexual. Eles teriam menos reservas em relação à escolha de alguém para beijar ou manter uma relação sexual.

Segundo a pesquisa, os homens estariam mais propensos a ter sexo com alguém sem beijar, a ter sexo com alguém por quem não se sentem atraídos ou com alguém que consideram não beijar bem. E, ao contrário das mulheres, que consideram o beijo importante ao longo de todo o relacionamento, para os homens o ato perde importância com o passar do tempo.

Tipos de beijo

A pesquisa indicou ainda uma diferença no tipo de beijo preferido por homens e mulheres.

Os homens declararam preferir beijos mais molhados e com mais contato de língua. De acordo com os pesquisadores, isso poderia ser resultado de os homens terem menos capacidade de detecção químico-sensorial em relação às mulheres, necessitando assim de uma maior quantidade de saliva para fazer sua avaliação da parceira.

Além disso, eles consideram que a troca de saliva poderia ter uma função biológica de introduzir substâncias como hormônios ou proteínas nas bocas das mulheres para tentar influenciar sua propensão à relação sexual.

Segundo o coordenador da pesquisa, Gordon Gallup, o beijo se desenvolveu ao longo do tempo para se tornar uma parte essencial do processo de flerte.